27 de abr de 2010

"Ainda não passou"

Da admiração, a simpatia,
da simpatia, o carinho,
do carinho, a paixão,
da paixão...enfim.

Ela o queria perto,ele se fez presente.
Palavras, muitas palavras.
Verdades ditas, sinceridade.
Entrega, exposição do mais íntimo.
Aconteceu.

Ele a queria próxima, ela se esforçou.
Expôs verdades, medos,meias palavras.
Entregou-se,venceu barreiras.
Viveu.

Mas vieram os poréns, os contras, os 'nãos'.
Impossibilidades a os cercar.
Distância. Medo,insegurança.
Vontades

Tudo ganha uma nova forma; molda-se a felicidade.
Um novo sentido, um novo caminho.



Razão segurando nossas mãos. Tudo poderia ser mais fácil.
Mas nós somos dificeis. Um com seus estigmas; outro com seus bloqueios.
Pausa.

Ficamos por aqui. Sem saber qual o próximo passo;
sem querer que o outro sofra.


Somos uma incógnita.
Mas sabemos o que queremos.
Eu te quero bem, você me quer bem.
Nada mais precisa ter sentido;
afinal o amanhã não existe.




não é resto.

18 de abr de 2010

Não rotule ninguém

Incrivel como uma noite tão feliz se torna tao sombria com uma simples palavra, com um gesto. E tudo muito rápido.
Muitas vezes deixei de fazer o errado pra fazer o certo, pelo menos fazer as coisas da forma como convinha. Quantas e quantas vezes abandonei o desprezável.
Hoje paro e penso se valeu a pena. Apesar de nao me arrepender de nenhuma das minhas ações desses ultimos anos, penso se realmente fui justa comigo e com algumas pessoas.
Lembro as palavras, lembro os sacrificios, lembro dos choros, lembro das recompensas, dos prazeres, e anexado a tudo isso meu cerebro me faz pensar naquilo que deixei pra traz, no não-vivido, no excluído. Hoje tento resgatar algumas dessas coisas perdidas,e os olhos de repreensão não são poucos. Mas Porque?
Se um dia eu percebi que deletei da minha vida momentos, e até mesmo pessoas, tão especiais, tão importantes, até mesmo necessarios...
Hoje me redescubro nesses minunciosos detalhes, tao comuns pra uns, e tao representativos pra mim. Se é certo ou errado, realmente, não sei. Mas até essa definição ja nao tem muito sentido pra mim, essa mania de rotular atitudes, sentimentos, como ideal e como não-ideal, enfim, isso ja perde a força diante de seres humanos tão instaveis, tao diferentes, e tão bons.
Só quero esquecer tudo isso e enfrentar as coisas com força, porque até essa ja não me ocorre com tanta frequencia.
é que certas palavras nos arrancam de uma maneira tão perversa e cruel a força que nos faz seguir em frente.



remanescentes, apenas isso.

9 de abr de 2010

Ultima Romântica?

-

Por LuluSantos

Faltava abandonar a velha escola
Tomar o mundo feito coca-cola
Fazer da minha vida sempre
O meu passeio público
E ao mesmo tempo fazer dela
O meu caminho só
Único

Talvez eu seja
O último romântico
Dos litorais
Desse Oceano Atlântico...

Só falta reunir
A zona norte à zona sul
Iluminar a vida
Já que a morte cai do azul...

Só falta te querer
Te ganhar e te perder

Falta eu acordar
Ser gente grande
Prá poder chorar...

Me dá um beijo, então
Aperta a minha mão
Tolice é viver a vida
Assim, sem aventura
Deixa ser
Pelo coração
Se é loucura então
Melhor não ter razão


resto, resto, resto